Cuidados com o sono nas festas de fim de ano


Home » Dicas de Saúde » Cuidados com o sono nas festas de fim de ano
Publicado em: 10 de dezembro de 2021 às 09:22 Natal e ano novo

As festas de fim de ano estão aí, e com elas, comes, bebes e muita celebração. Mas, se por um lado é incrível comemorar esses momentos com a família, por outro, é preciso se atentar com os cuidados com o sono, porque geralmente ele é o primeiro a ser prejudicado com as farras emendadas.

Quer saber como curtir as festas de fim de ano sem impactar tanto sua rotina de sono? Então siga conosco e boa leitura!

 

Por que se preocupar com o sono?

Se você é bem ativo nas redes sociais, já deve ter lido ou ouvido com uma certa frequência frases como: “prefiro aproveitar o dia do que dormir”. Inclusive, esse conceito é bastante difundido por influencers reconhecidos e há muita gente que entra na onda.

A grande questão é que dormir, e mais do que isso, dormir bem, tem um papel fundamental na manutenção da nossa saúde como um todo.

Uma boa noite de sono é capaz de reduzir significativamente o estresse, reduzir o apetite, melhorar o humor e o raciocínio, fortalecer o sistema imune, ajudar na memória e muito mais. 

Inclusive, é durante o sono que acontecem processos metabólicos essenciais para manter o corpo e a mente saudáveis. Se quiser saber mais sobre o assunto, navegue pelo nosso blog, temos diversos artigos que explicam a relação de uma boa noite de sono com a qualidade de vida. 

 

Qual a quantidade de horas dormidas ideal para uma boa noite de sono?

No geral, o ideal é uma noite de sono com cerca de 7 a 8 horas de sono, mas isso não é uma regra. A necessidade de sono adequada para cada pessoa pode variar de acordo com a faixa etária, por exemplo, sendo preciso mais horas de sono durante a infância e adolescência, fases de maior desenvolvimento cerebral, e em quantidade menor na fase adulta.

E se você já virou a noite em claro, sabe que para além da sensação de cansaço ao longo de todo o dia, em curto prazo dormir pouco ou não dormir nada pode ainda provocar dores em diversas partes do corpo, irritabilidade, alterações de humor repentinas, tornar o raciocínio mais demorado, dificultar a concentração, provocar perda de memória de fatos recentes, além de atrapalhar o processo criativo. 

Já a longo prazo, a privação de sono diminui o vigor físico, afeta o sistema imunológico e ainda pode contribuir para o envelhecimento precoce, uma vez que afeta os hormônios “rejuvenescedores”, como a melatonina, responsável por deixar a pele descansada, e que só é produzida durante o sono.

Mas isso não é tudo. Pessoas que dormem pouco apresentam maior tendência para desenvolver obesidade, diabetes tipo 2,  possuem maiores chances de desenvolver doenças cardiovasculares, gastrointestinais,  sofrer perda crônica de memória, acidente vascular cerebral e até mesmo doença de Alzheimer

Dormir é mais do que fechar os olhos e descansar após um dia exaustivo de trabalho ou estudos, é garantir a qualidade da sua saúde física e mental.

 

É possível recuperar o sono perdido?

Há diversos estudos sobre o tema, no entanto, um levantamento divulgado em 2019 mostrou que dormir por um tempo maior não é o caminho eficaz para reparar uma noite sem dormir. Outro detalhe que é importante levar em conta quando se fala em qualidade do sono é que dormir à noite é diferente de dormir de dia, porque é no sono noturno que acontecem a liberação de substâncias e enzimas necessárias para o nosso organismo.  

Isso significa que dormir mais um pouco no fim de semana não recupera o sono perdido. A quantidade de sono perdida não pode ser recuperada. Além disso, é complicado analisar o sono apenas pela quantidade de horas dormidas, focar na qualidade desse descanso é fundamental.

E se quiser saber mais detalhes sobre o estudo e como dormir melhor, recomendamos a leitura de um artigo aqui do blog,  clique aqui para ler. 

 

Principais cuidados com o sono nas festas de fim de ano

A verdade é que dá para curtir bem e ainda garantir uma boa noite de sono. É só seguir essas dicas, veja só:

 

De olho na alimentação

Durante as festas de fim de ano, é comum darmos aquela exagerada na hora da ceia, não é mesmo?

A ideia aqui não é que você siga uma dieta rigorosa nesse período, mas sim que entenda que, se quiser reduzir os impactos no sono, é uma boa prática observar o cardápio reservado para a data.

Assim, alimentos ricos em carboidratos, como massas, arroz, batata, farinha de milho e açúcar, por exemplo, precisam ser consumidos com moderação, pois eles provocam indisposição  e ainda dão sonolência.

Isso é bom, certo? Errado! O problema é que em quantidades altas de carboidratos, o sistema digestivo precisará fazer uma força maior para realizar todas as suas funções, o que consequentemente, afeta torna o metabolismo bem lento. 

E apesar do soninho que pode surgir, a verdade é que, ao dormir, ele se apresenta completamente agitado e conturbado – resultado de uma força tarefa do intestino para metabolizar tudo de forma mais rápida. 

Mas além deles, há outros alimentos que podem “sobrecarregar” o sistema digestivo e atrapalhar a sua noite, tais como: pimenta (porque ela afeta diretamente a temperatura corporal e, esse aumento afeta o sono), alimentos ácidos (que inclusive podem causar refluxo e outros desconfortos) e alimentos ricos em gorduras (já que a gordura é mais difícil de ser digerida). 

 

Atenção às bebidas

As bebidas também merecem um ponto de atenção quando se fala em cuidados com o sono. Isso porque durante as festas de fim de ano é bem comum a ingestão de diversos tipos de bebidas alcoólicas, refrigerantes e até energéticos, misturados ou não com álcool.

Essas bebidas relaxam o músculo da garganta e da língua, o que aumenta o ronco e afeta o sono, e ainda são estimulantes, atrapalhando o processo de sono.

Por isso, ao ingerir vinho, cerveja, espumantes e outras bebidas, beba com moderação e intercale o consumo com um copo de água, assim, além de evitar a desidratação característica deste tipo de bebida, você ajuda a controlar os níveis de álcool no organismo.  

 

Planeje a volta à rotina após as festas

Ter cuidado com o sono não significa que você não deva ou não possa aproveitar as festas de fim de ano- ainda mais se você mantém uma rotina atenta com o seu sono no dia a dia, o impacto de uma ou duas noites perdidas serão bem menores do que quem tem problemas frequentes para dormir ou evita dormir a quantidade de horas suficientes.

Então, além da atenção com o consumo e ingestão de bebidas, passado o período de festas, procure voltar à sua rotina de sono o mais rapidamente possível, definindo um horário para acordar e dormir.

Fazer isso, além de te dar maior controle sobre suas atividades e descanso, também contribui para que o próprio cérebro perceba e aprenda qual a hora a certa de dormir, e, ao fazer essa associação frequentemente, ele contribui para que se pegue no sono de maneira muito mais rápida.

 

Tome um banho quente

Existe um senso comum de que tomar banho antes de dormir tira o sono, mas a verdade não é bem assim: o segredo está na temperatura do seu banho.

Um estudo publicado em 2019 e feito por cientistas da Universidade do Texas desvendou esse mistério. E essa descoberta faz todo o sentido, já que a temperatura corporal é um fator que influencia uma pessoa a dormir bem.

Inclusive, de acordo com o estudo, a temperatura ideal é algo entre 40ºC a 42ºC, em um banho tomado até duas horas antes de se deitar.

Por isso, antes de deitar na cama, procure tomar um banho morno ou quente, pois o banho ajudará a regular o relógio biológico interno e a dormir com mais facilidade e melhor. Você sabia disso? 

 

Coloque o pijama

Pode ser tentador sair das festas e capotar na cama com a roupa do corpo, ainda mais se você exagerou um pouco na bebida. 

No entanto, vale a pena fazer uma forcinha, enfrentar o cansaço ou preguicinha e colocar uma roupa confortável para dormir. Por que? Se lembra que falamos que o cérebro faz associações? 

Aqui é o mesmo caso: ao usar roupas adequadas para dormir, além de garantir um conforto maior durante a noite, você estimula seu cérebro a entender a hora de descansar, tornando o processo de pegar no sono mais rápido.

 

Não force o sono

Seja pela agitação do momento ou por uma série de pensamentos que a entrada de um novo ano pode gerar, caso sinta dificuldade para dormir, a regra é clara: não force. 

Se ao deitar notar que o tempo passa e nada do sono aparecer, levante-se da cama e tente fazer uma outra coisa, como ler um livro ou só esticar o corpo mesmo.

Forçar o sono, além de provocar irritabilidade pode atrapalhar a associação que o cérebro precisa ter sobre a cama, que é o local apropriado para dormir. 

É por esse motivo também que não é recomendado fazer outros tipos de atividades no ambiente em que se pretende dormir, como trabalhar, assistir ou ficar mexendo no celular. Aliás, o ideal é não levar esses aparelhos para a cama, já que podem servir de distração e atrapalhar sua rotina de sono.

O mesmo serve para luz e barulhos da televisão na hora de dormir, pois esses estímulos afetam o sono reparador.

 

Não interrompa o tratamento

Você faz tratamento para apneia do sono? Então seu cuidado precisa ser redobrado! Não é porque as festas de fim de ano chegaram que é hora de descuidar, combinado? 

A dica é a mesma sobre os alimentos e bebidas, porque como já explicamos, há certos tipos de alimentos que podem provocar o relaxamento da musculatura e dificultar a respiração. Por isso, todo cuidado é pouco!

Além disso, é fundamental não parar o seu tratamento de forma alguma, mesmo em períodos de festa. A verdade é que independente da época do ano é possível sim curtir, estar com a família e viajar sem abrir mão do tratamento: a chave é se planejar bem para não esquecer tudo o que é importante. 

Nesses casos, você pode também entrar em contato com seu médico ou fisioterapeuta e tirar as dúvidas sobre as melhores práticas na hora de viajar com seu aparelho e pegar algumas dicas. O importante mesmo é se manter firme no cuidado com você, combinado?!

 

Uma vida com bons e novos ares

Viu só como dá para se divertir sem deixar de lado alguns poucos detalhes que fazem a diferença quando o assunto é cuidados com o sono? Pois é, e vale a pena essa dedicação. 

Seja para tirar dúvidas sobre os nossos produtos, serviços ou tratamentos, saiba que na  Respire Care você encontra o suporte que você precisa para ter mais qualidade de vida para respirar aliviado, tendo ao seu lado uma equipe especializada e apaixonada pelo que faz.

Conte com a gente!

Esperamos que tenha gostado deste conteúdo. Aproveite para conhecer outros conteúdos no nosso blog e ficar por dentro de temas sobre saúde, sono e apneia do sono. 

Até a próxima!

 

WhatsApp chat